Home

A Associação

O PBR

Especificações do PBR

Artigos

Lista de Associados

Downloads

Localização

Contato

O PBR

Histórico e criação do Palete PBR

Em 1988 foi criado pela ABRAS (Associação Brasileira dos Supermercados) o GPD (Grupo  Palete de Distribuição), um grupo de profissionais dedicados ao estudo, desenvolvimento, avaliação e testes para criação de um paletes PADRÃO.
Tendo em vista que na década de 80 a produtividade era restrita a manufatura, o GPD já vislumbrava que a década de 90 o enfoque seria pela produtividade ampla e empresarial, na qual a logística integrada se tornaria fundamental, sendo que no aspecto operacional ficaria patente a necessidade da transferência de mercadorias entre fornecedores e supermercados pelo sistema paletizado.

Em um levantamento feito pela ABRAS/GPD no inicio dos trabalhos chegou-se a resultados que indicaram que havia mais de mil modelos de paletes diferentes somente no Brasil. E foi comprovada a necessidade da padronização do paletes
São muitos os motivos que levam a padronização, entre eles o fato de permitir a adoção do sistema de logística integrado entre fornecedores e distribuidor, alem da implantação da embalagem modular. Outras razões são permitir também a padronização da carroceria de caminhões, bem como proporcionar um método de armazenamento otimizado. A padronização do palete permite também o sistema de movimentação mecanizada e a transferência de mercadorias com paletes intercambiáveis.

 

O estudo do GPD :

Dimensões: Foram estudados vários formatos , 800x1200 mm, 1200x1100 mm, 1100x1100 mm, etc. Ficando definido por vários motivos o modelo 1000 x 1200 mm – Na época essa dimensão já representava 70% dos paletes utilizados no Brasil.

Capacidade : Foi estipulada pelo GPD a capacidade de peso do paletes PBR em 1200 Kgs.

Material : O PBR foi projetado para utilizar madeiras de reflorestamento (Pinus e Eucalipto) – Ver em especificações quais dos componentes do palete pode-se utilizar Pinus ou Eucalipto. 

Testes : Todos os testes foram realizados pelo IPT – SP (Instituto de Pesquisas Tecnologicas).

Após este período de estudos e testes – no ano de 1990 foi consolidado o desenho e a especificações finais do paletes PBR.

 

Principais razões para a padronização – medidas 1,20 x 1,00

- A maioria das empresas que desenvolvem suas atividades no Brasil e operam com palete, tem seus depósitos adequados ao palete 1,20 X 1,00 metro.

- A medida de 1,20 X 1,00 é mais utilizada no Brasil, EUA e Europa.

- O formato retangular oferece maior flexibilidade para a otimização de veículos de transporte e área de estocagem. E, além disso, houve a consolidação mundial do formato retangular para o palete.

- Nenhum país utiliza as medidas de 1,10 X 1,10 metros como padrão para modulação. Recentes estudos para a modernização do mercado global não contemplam esta medida.

- O padrão internacional para gôndolas de supermercados indica que a profundidade máxima é igual a 1,00 metro.

- As dimensões indicadas e definidas pela International Standards Organization são de 1,20 X 1,00 metro.

- Estudo do Conselho Econômico e Social da Organização das Nações Unidas (ONU) estabelece as medidas para o “High Cubic Conteiner”, tendo como base os paletes de 1,20 X 1,00 metro e 1,20 X 0,80 metro.